•  Sapataria Lago Azul
    Sapataria Lago Azul

    Qualidade assegurada!

  •  Não as Drogas
    Não as Drogas
  • Velo Clube
    Velo Clube

    Arena do Velo Clube é show !!

  • Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro
    Sindicato dos Rodoviários de Rio Claro

    Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Rio Claro

  • Drogaria M-23 Cervezão
    Drogaria M-23 Cervezão

    Drogaria M-23 no Cervezão!

  • Pizza Game
    Pizza Game

    Pizza Game a + Gostosa.....3533.9691 / 995727395

  • Pucci Sucos e Salgados
    Pucci Sucos e Salgados

    Pucci Sucos e Salgados Rio Claro!

  • Barbearia Alves
    Barbearia Alves

    Rua 8A n.2580  Yuri  987106501

  • Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão
    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão

    Bar e Lanchonete Esquenta, Cervezão!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Fone 3523.2710

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    Essa eu indico !!

  • Fisioclínica
    Fisioclínica

    (19)3523.2710

  • JR Chaveiro e Acessórios Automotivos
    JR Chaveiro e Acessórios Automotivos

    JR Chaveiro e Acessórios Automotivos!

lagoAzulBanner
nk foto2pisos nice2

Briga no jogo do Timão

jogo brasiliaO empate de Corinthians e Vasco por 1 a 1 na tarde de domingo em Brasília no Campeonato Brasileiro da Série A, termina em briga.

Informativo:

 

Após confusão envolvendo corintianos no estádio Mané Garrincha, em Brasília, neste domingo, quatro torcedores do Timão foram encaminhados a uma delegacia da capital federal, mas liberados rapidamente. Eles foram mandados ao 5º DP por determinação da Secretaria de Segurança Pública, depois da confusão durante jogo entre Corinthians e Vasco, pelo Brasileirão. No entanto, foram soltos por falta de provas. De acordo com o delegado Lúcio Valente os torcedores que iniciaram as agressões contra vascaínos não foram identificados.

Por causa da briga, os responsáveis pela segurança do estádio admitiram que podem fazer alterações nos procedimentos envolvendo torcidas uniformizadas. De acordo com representantes da Polícia Militar e da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal, as organizadas descumpriram um acordo feito antes da partida para que não houvesse confronto.

Um médico que trabalha no estádio, que preferiu não ser identificado, disse à reportagem do GLOBOESPORTE.COM que mais de dez torcedores foram feridos. Porém, de acordo com Paulo Roberto Oliveira, secretário-adjunto de segurança pública do Distrito Federal, apenas três pessoas saíram feridas da confusão, todos eles da Polícia Militar. Um deles, inclusive, recebeu seis pontos na cabeça. Já o Corpo de Bombeiros prestou atendimento a três indivíduos: dois policiais e um torcedor.

O coronel Cléber Pereira, comandante do policiamento na tarde deste domingo, também revelou que torcedores do Corinthians tentaram saquear um mercado em Taguatinga, cidade-satélite de Brasília. Havia onze ônibus de torcidas organizadas, de acordo com o oficial. 

A versão do secretário, porém, não condiz com o que foi observado pela reportagem. Antes da invasão dos torcedores do Corinthians ao setor onde estavam os vascaínos não havia qualquer barreira policial. Tanto que eles conseguiram atravessar o anel superior do estádio Mane Garrincha e partir em direção aos rivais, tentando agredi-los.

- Cada jogo em Brasília é uma nova experiência. Vamos aprendendo, vendo o que está acontecendo. Poderemos adotar uma separação física das torcidas, com barreiras, em próximos jogos. Vamos apurar o que aconteceu - afirmou Nisio Tostes, do Ministério Público.

De acordo com a versão oficial, havia 800 policiais empenhados na segurança da patida. A entrada, que se deu de forma mista, ocorreu de forma pacífica. Porém, as torcidas organizadas do Timão chegaram aos 20 minutos de jogo. Como o estádio é guarnecido por 400 câmeras, as imagens da confusão deste domingo serão analisadas. Foto e fonte; site da Globo

Visitas

Ver quantos acessos teve os artigos
2731813

banner tuboparts